Compre seu livro nacional

Compre aqui
Sinopse: Jeffrey Noah é um jovem apático, que tenta ser escritor e vive uma vida depravada por conta de seu péssimo caráter social. Sua atitude cética quanto às pessoas o faz padecer diante de uma sociedade sórdida. Sai de casa ainda cedo e começa a sobreviver como traficante na pequena cidade onde vive. Indolente às dificuldades, gasta sua vida bebendo e usando drogas, que para ele são os únicos motivos pelos quais ainda vive. No meio de tudo isso, conhece uma garota, Elisa. Aquela por quem se apaixona, e fode com tudo. Seu jeito esdrúxulo de agir e a teimosia de permanecer inerte durante as falhas afundam-no mais e mais. Deprimido por perder a única garota que pensava valer a pena, começa a se submeter imprescindivelmente às drogas e mulheres que atravessam seu caminho, tudo na tentativa de escapar do buraco cavado por si próprio. Mas o caminho não é fácil, e a queda parece ser iminente ao perambular pela cidade, a qual se torna o inferno ininteligível de sua proeminência. Junto com poucos amigos, que de certa forma são réplicas da escatologia vital que assola os corações impassivelmente deprimidos, mergulham juntos em aventuras sexuais, regradas a bebidas, drogas e ódio às pessoas banais, vivendo assim uma série de desventuras sórdidas e alucinantes. Acompanhe experiências lascivas de um jovem em busca de alento e, ao mesmo tempo, vivendo a loucura underground de uma geração já passada. Em uma época em que tão poucos vivem, existe um resquício de cinismo no fleumático mundo farsesco que a cada dia destrói suas esperanças e seus sonhos. Um romance que surge cheio de aversões, sarcasmos, sexo, bebidas, cinismos, angústias, perambulando no meio da rotação das vidas triviais, abordadas com uma linguagem cortante e seca, sem deixar apresentar momentos poéticos, elevando a história aquém do grau de narrativa, surgindo como um soco na boca do estômago na sociedade mesquinha e alienada em seu tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário